Júlio Lopes - Viseu

"Quero deixar-lhe por escrito que considero o vosso técnico muito sabedor, um homem de bem, pessoa muito delicada com quem dá gosto conversar e, acima de tudo, muito honesto. "

Amigo, Senhor
Um abraço amigo. Conhecemos há relativamente pouco tempo e de uma maneira que considero Providencial. Depois de lidar com aldrabões, pessoas sem escrúpulos e não sei que mais, tive a sorte de bater à porta da Água Negra onde fui atendido pelo vosso técnico que, depois de uma breve conversa, classifiquei de competente, e honesto. Resolveram o problema que tinha em mão sem procurar explorar-me, têm períodicamente, prestado assistência à máquina de purificar água, vindo expressamente do Porto aqui a Viseu, cobrando-me uma importância que considero barata. 
Quero deixar por escrito que considero o vosso técnico muito sabedor, um homem de bem, pessoa muito delicada com quem dá gosto conversar e, acima de tudo, muito honesto. 
Estou a prestar estas declarações a título gratuito e autorizo-o a fazer delas o uso que bem entender. Mais, conversando com o meu filho António Alberto, a quem a vossa empresa também presta assistência, concorda comigo e também o autoriza a usar o nome dele. 
Considere-me disposto a confirmar o que aqui escrevi.

Mais um abraço
Júlio Lopes Gomes
António Alberto Ferrão (filho)